Páginas

Quem Somos?


Dança Movimento Contínuo é um coletivo formado a partir do programa para Valorização de Iniciativas Culturais - Vai 2010/2011 - composto por Dançarinos (as) de Breaking, Afro, samba, arte-educadores e capoeiristas que já integram grupos, posses, CIAs de Dança, unindo-se assim com o intuito de pesquisar danças de matriz negra propondo novas formas estéticas e políticas de criar arte.



Lançamento do livro "AGÔ"- Vivência e Pesquisa das corporalidades contemporâneas afro- brasileiras e dança urbana


Salve Hermanos e Hermanas, 29 de Maio Próximo estaremos realizando na Ação Educativa, o lançamento do livro "AGÔ"- Vivência e pesquisa das corporalidades contemporâneas afro-brasileiras e dança urbana. O livro é parte de um processo de 3 anos de pesquisa teórico/prática das corporalidades tradicionais e contemporâneas.
Nesse evento vamos ter a ilustre presença do DJ Guinho, (Suatitude) virando e revirando as musicalidades ancestrais.
Em seguida, uma idéia rápida com alguns autores dessa coletânea-AGÔ- acerca das reflexões do pensar o fazer nas formas corporais do Hip Hop, (Breakim) e das danças afro- brasileira, bem como apresentar algumas perspectivas prático/teóricas de atuação desses, frente ao processo de descaracterização da identidade cultural das manifestações artísticas do negro no Brasil pós-diápora africana.
E pra completar a TRUPE vamo chegá de Banda Produto Loko- produção musical, maestro Abuhl Junior (bateria e percussão), Massa Martins (baixo elétrico), Géssun (guitarra e violão), Jéssica Trancosso (backing vocal) e nas vozes os mcs Preto Maloca e seu filho Zé Pequeno.
Vamos compartilhar e vivênciar conosco mais uma realização do coletivo Posse Suatitude e Dança Movimento Contínuo!
Segue Flyer anexo com endereço e horário:
Mais uma vez a Posse Suatitude e o grupo D. M. C sente-se agraciado pela sua presença e parceraigem.
Aguardamos TOD@S,

2 comentários:

  1. Como faço para obter este livro?
    Claudia Ramalho

    ResponderExcluir
  2. Olá!!

    Como faço para adquirir esse livro?

    Grata,
    Maria Noemia

    ResponderExcluir